PARTICIPE

 

Anfitrião – Host

A hospitalidade oferecida pelo “Portas Abertas” é a pedra fundamental do Servas. Os anfitriões oferecem hospedagem de dois dias aos viajantes previamente aprovados.

O anfitrião não se obriga a fornecer transporte e acompanhamento ao viajante, embora alguns o façam porque desejam mostrar-lhe pontos de interesse na sua cidade e região.

O anfitrião deve explicar as “regras da casa” e disponibilizar algum tempo para conversar com o viajante. Se não for conveniente receber o viajante no período solicitado ele deve sentir-se à vontade para dizer “não”. Deve, porém, responder logo de forma que o viajante possa buscar outro anfitrião ou outro meio de hospedagem.

O viajante deve apresentar, na chegada o original da carta de apresentação, com foto, assinada, dentro do prazo de validade e com selo do Servas Internacional. Caso não o faça, o anfitrião deve pedir para conferi-la.

Anfitrião Dia – Day Host

Os anfitriões que não podem oferecer hospedagem podem juntar-se ao Servas como anfitriões durante o dia. Quando receberem alguma solicitação devem combinar com o viajante um encontro para um passeio, acompanha-lo numa refeição, ou simplesmente encontrar tempo para um bate-papo ou café.

Viajante – Traveller

Para viajar para outros países o membro Servas deve emitir a “LOI, Letter of Introduction” – “carta de apresentação”, uma espécie de passaporte do viajante Servas que deve ser preenchida com os seus dados, interesses, experiências com o Servas e propósitos da sua presente viagem. A LOI é assinado por um coordenador ou membro da gestão e deve conter o selo do Servas Internacional.

A LOI deve ser solicitada para o coordenador regional a quem cabe passar as instruções, bem como enviar o Guia do Viajante que contém dicas úteis. O valor da LOI é de R$ 60,00 e a validade é de um ano.

O viajante Servas precisa fazer os próprios contatos e estar ciente de que nem sempre conseguimos encontros e hospedagem através do Servas. Os contatos dos hosts e day hosts podem ser encontrados no Servas Online na área restrita para membros ou nas listas dos países. Ao enviar e-mails individuais buscando encontros ou hospedagem deve ser anexada a cópia da LOI digitalizada e ao chegar na casa do anfitrião deve ser apresentada a LOI original.

Todos os cargos da gestão do Servas são ocupados por voluntários, que tem que achar tempo para esse trabalho extra. Se tiver alguma viagem em mente entre em contato com antecedência (no mínimo quatro semanas).

Para viagens dentro do Brasil não é necessário emitir a LOI, porém as demais regras são as mesmas para viagens internacionais.

 

Procedimentos para a filiação

Para ingressar no Servas Brasil todos os candidatos devem passar por uma conversa de orientação, para garantir que são responsáveis, flexíveis, compartilham dos valores e filosofia da organização, tem a mente aberta, concordam e se comprometem com as regras e princípios do Servas.

Se o entrevistador achar que você tem o perfil para fazer parte do grupo você será aceito como membro e deverá preencher um cadastro com os seus dados e interesses. Para completar a filiação solicitamos o pagamento de uma taxa de R$ 30,00 como inscrição e anuidade do ano corrente. Seus dados serão registrados na área restrita do Servas Online e poderão ser acessados por membros Servas de todos os países.

Para maiores informações entre em contato através do e-mail brasil@servas.org ou preencha e envie o pedido de ingresso em CONTATOS ou ainda no site do Servas Internacional www.servas.org em How to join Servas.